Conheça Gilson Lira

gilson-lira-iiSou natural de Natal, Rio Grande do Norte, nascido em 7 de março de 1.948, sendo filho de João Bezerra de Lyra e Maria José Lustosa de Lira (ambos falecidos). Aos 2 anos de idade, meus pais mudaram-se para a cidade de Cachoeiras de Macacu no Estado do Rio de Janeiro, onde estudei o ensino fundamental no Grupo Escolar “Quintino Bocaiúva” e o ensino médio (técnico em contabilidade) no Colégio Carlos Brandão(CNEC). Conclui Estudos Sociais na UFMT, Licenciatura Plena em História e Filosofia na APEC (SP) e fiz Pós graduação em História e Filosofia na UFMT.

Já desde a 6ª no ensino fundamental compunha versos. Quando a professora de Língua Portuguesa passava uma redação, eu pedia para fazer uma poesia. Entretanto, somente quando comecei a jogar futebol profissional, passei a produzir textos poéticos, aproveitando o tempo em que ficava nas concentrações. Assim em 1.979 lancei meu 1º livro intitulado “Participação Literária” de Crônicas e Pensamentos. E aí não mais parei. Outra paixão em minha vida foi o futebol, onde desde os 12 anos já dei os primeiros passos em Cachoeiras de Macacu, tendo atuado no Cachoeirense, 11 Unidos, Ipê e Independente. Posteriormente atuei em Bom Jardim e Nova Friburgo, de onde fui para o Fluminense e Bangu do Rio de Janeiro nas divisões de base, aspirantes e alguns jogos na equipe principal do Bangu até 1.968. A partir daí tive passagens pelo Grêmio de Maringá (PR), Náutico (PE), Galícia (BA), ABC (RN), Grêmio Anapolino(GO), Operário (MT), Comercial (MS) e União (MT). Em Mato Grosso foi onde mais atuou tendo chegado em 1.973 e jogou até 1.980 quando encerrou a carreira no União E. C. de Rondonópolis. Nesse Estado conquistei 14 títulos, sendo 8 pelo Operário (Campeão Estadual(73), Bicampeão da Copa Cuiabá(73/74), Campeão do Centro-Oeste(74), Campeão dos Torneios Ranulpho Paes de Barros, Semana da Pátria, Norte-Sul e Agripino Bonilha(73/74); e 3 títulos no Comercial (Campeão do Torneio Incentivo(77), Torneio Marcelo Miranda(77) e Taça Campo Grande(78); e 3 títulos no União (Campeão Invicto do Torneio Incentivo 75/76/79).

Marquei em Mato Grosso 285 gols, sendo 199 pelo União (sou o maior artilheiro de sua história), 41 pelo Operário e 45 pelo Comercial. Fui artilheiro do Campeonato Mato-grossense em 1.973/1.975/1.976/1.979. Recordista de gols com 23 marcados numa única temporada e até hoje não ultrapassado. tri-artilheiro no Torneio Incentivo em 1.976/1.977/1.979.

Fui professor de História, Filosofia e Língua Portuguesa, tendo atuado no Colégio Carlos Brandão em Cachoeiras de Macacu (Professor de Contabilidade Geral e Bancária), E.E. Fernando Leite de Campos e EE Licínio Monteiro em Várzea Grande (MT), EE La Salle, 13 de Junho, EE Santo Antônio e EE Marechal Dutra, todos em Rondonópolis, MT. No Dutra trabalhei 27 anos dos quais em 11 fui Diretor. Aposentei-me com 31 anos dedicados à Educação em 1º de agosto de 2.003.

Após encerrar a carreira no futebol em 1.980, trabalhei na Rádio Juventude de Rondonópolis como comentarista esportivo e posteriormente como Narrador, sendo cognominado “O Microfone Artilheiro” do futebol brasileiro. Atuei também na Rádio Clube, Tropical Fm e fui Apresentador de um programa esportivo na TV Gazeta.

Atualmente coordeno um projeto de incentivo à leitura intitulado “Mato Grosso um Estado que lê” e escrevo neste site.