DATAS COMEMORATIVAS – CONFLITOS ARMADOS – MARÇO

DATAS COMEMORATIVAS – CONFLITOS ARMADOS – MARÇO

 

01/03. Fim da Guerra dos Farrapos                             019

01/03. Fim da Guerra do Paraguai                               020

05/03. Início da Guerra Fria (1946)                             021

10 a15/03. Semana da Tomada de Cuiabá (1900)        022

13/03. Dia de ¨A Noite das Garrafadas (1.831)           023

15/03. Denúncia da Conjuração Mineira (1.789)         024

17/03. Dia da Invasão de Mato Grosso                         025

31/03. Dia da Revolução (1964)                                  026

31/03. Dia do Término da Revolução Praieira             027

 

01.03. FIM DA GUERRA DOS FARRAPOS (1.845)

 alt

Foi a maior guerra civil

Que teve em nosso brasil.

Em 1.835, por impaciência,

Eclodiu em meio a regência.

 

A causa foi o charque, se não me engano,

Além do ideal republicano.

Fundaram a república rio-grandense

E a Juliana em solo catarinense.

 

Caxias entra logo em ação,

Pacificando toda região,

Negociando com todos a paz.

 

O charque tem solução brasileira,

Afasta a concorrência estrangeira

E um belo acordo se faz.

 

 

 

01.03. FIM DA GUERRA DO PARAGUAI (1.870)

 alt

Com as vitórias de Caxias na Dezembrada

muitos deram a Guerra como terminada,

mas Solano Lopes, homem de valentia,

perdendo a guerra ainda prosseguia.

 

As tropas aliadas e brasileiras,

venceram na campanha das Cordilheiras.

O imperador manda então um genro seu,

assume o comando o Conde D’Eu.

 

Lopes resiste, continuando a lutar,

não pensa sequer em se entregar,

resistência como a sua não há.

 

Mas logo se viu cercado,

em 1º de março foi alcançado

e tombou morto em Cerro Corá.

 

 

 

05.03 – VITÓRIA DA FEB EM CASTELNUEVO

 alt

Na Segunda Guerra Mundial

 o Brasil foi infernal.

 Conseguiu junto aos aliados

 vitórias por todos os lados.

 

A Força Expedicionária Brasileira,

 chegou la à moda mineira,

 mas num ataque fulminante

 vence o combate beligerante.

 

Castelnuevo sai da linha,

vitória do nosso pracinha

 em solo italiano.

 

Até hoje a homenagem

 pela bravura e coragem

 que expulsou o tirano.

 

 

 

10 a 15.03. SEMANA DA TOMADA DE CUIABÁ(1.900)

 alt

No ano de mil e novecentos

Cuiabá já tem enfrentamentos.

Duas famílias tradicionais

partem pra lutas frontais.

 

Ponce contra Murtinho

se defrontam no caminho.

Entram firmes no embate,

são cinco dias de combate.

 

Para os Murtinhos melhor não há,

invadem e tomam Cuiabá,

a nossa eterna Capital.

 

Durante tempos na verdade,

essa dura rivalidade

foi uma rusga local.

 

 

 

13.03. NOITE DAS GARRAFADAS (1.831)

 alt

É uma passagem da nossa história

que não tem nada de glória.

Cariocas e portugueses

já tinham se pegado outras vezes.

 

O Imperador Dom Pedro I,

voltava de solo mineiro,

os cariocas lhe vaiaram

e os portugueses não gostaram.

 

De gozações e gargalhadas,

partiram pras garrafadas

e o conflito se degenerou.

 

O que parecia simples intriga,

acabou em ferrenha briga

e muita gente se machucou.

 

 

 

15.03. DIA DA DENÚNCIA DA CONJURAÇÃO MINEIRA (1.789)

 alt

Essa Conjuração se identifica

com a antiga Vila Rica.

A Ouro Preto atual,

é Patrimônio Mundial.

 

A denominação ¨Inconfidência¨não é boa,

pois denota traidores da Coroa.

E este movimento é nacionalista,

feito por gente idealista.

 

O Visconde de Barbacena,

nesta história entra em cena

quando lança a Derrama.

 

Cobra os impostos atrasados,

surgem muitos revoltados,

Vila Rica inteira se inflama.

 

 

 

17.03. DIA DA INVASÃO DE MATO GROSSO (1.865)

 alt

Hoje completa o aniversário

em que o nosso emissário

comunicou a toda nação

que sofremos uma invasão.

 

Foi neste Estado colosso,

nosso querido Mato Grosso

que o Paraguai de Solano

executou o seu plano.

 

A Guerra do Paraguai começou

e por muitos anos se arrastou

causando muita mortalidade.

 

A passagem daquele momento,

ficou em nosso pensamento

pois marcou cada cidade.

 

 

 

31.03. DIA DA REVOLUÇÃO

 alt

Medidas de caráter esquerdistas,

vários movimentos anarquistas,

obrigaram o regime militar

a assumir um novo lugar.

 

O perigo rondava a nação,

veio daí violenta reação.

As forças partem do Rio grande e Minas Gerais,

Rio de Janeiro e São Paulo vem logo atrás.

 

O movimento se mostra vigoroso,

na ação se faz vitorioso

no primeiro dia de abril.

 

O comando supremo da revolução

encaminha logo a sucessão

e um militar governa o Brasil.

 

 

 

31.03. DIA DO TÉRMINO DA REVOLUÇÃO PRAIEIRA

 alt

Essa revolução entra na lista

Como um movimento liberal separatista.

A causa a nível local

Foi a falta de autonomia provincial.

 

Marcada pelo que se diria,

Um grande repúdio à monarquia.

A favor da independência nacional

E por um reformismo radical.

 

As camadas menos favorecidas,

Estiveram todas envolvidas

Durante essa revolução.

 

A força rebelde foi derrotada,

A província pacificada

E a paz voltou à nação.

DATAS COMEMORATIVAS – CONFLITOS ARMADOS – SETEMBRO

DATAS COMEMORATIVAS – CONFLITOS ARMADOS – SETEMBRO

 

02/09. Rendição Japonesa na 2ª Guerra(1.945)           063

05/09. Dia da Revolta da Armada (1.893)                    064

11/09. Dia do Atentado à Nova Iorque (2.001)             065

12/09. Dia da Revolta dos Sargentos (1.963)                066

20/09. Início da Revolução Farroupilha (1.835)           067

30/09. Julgamento de Nuremberg (1.946)                   068

30/09. Maranhão contra o domínio Holandês               069

 

02.09. RENDIÇÃO JAPONESA NA 2ª GUERRA (1.945)

 alt

Era, se bem me lembro,

o dia dois de setembro.

A bordo de um encouraçado,

o Tratado foi assinado.

 

Missouri, um navio de guerra,

onde era selada a paz na terra.

Foi MacArthur, o general,

que recebeu o ato triunfal.

 

Ali terminava a guerra

e começava uma nova era

chamada de Era Atômica.

 

O Japão ali se rendeu,

mas o mundo nunca esqueceu

os efeitos da Bomba Atômica.

 

 

 

05.09. DIA DA REVOLTA DA ARMADA (1.893)

 alt

Quando Deodoro renuncia

uma nova eleição se faria.

Mas a situação arma um plano,

e assume o vice, Floriano.

 

Entra firme a oposição

contra essa situação.

A insatisfação declarada,

surge a Revolta da Armada.

 

Floriano quer se impor,

ficar no lugar do antecessor

até o fim do mandato.

 

Desrespeita a Constituição,

não permite nova eleição

e assume o poder de fato.

 

 

 

11.09. DIA DO ATENTADO À NOVA IORQUE (2.001)

 alt

De proporções a perder de vista,

foi esse atentado terrorista.

O centro forte da economia

foi derrubado num só dia.

 

As torres gêmeas, maiores do mundo,

caíram num baque profundo.

Só ali morreram mais de três mil,

ficou atônito o nosso Brasil.

 

Bin Laden foi exposto na mídia,

acusado por essa perfídia

que causou grande comoção.

 

Por um ato tão descabido

que pra nós não tem sentido

o mundo chorou pelo irmão.

 

 

 

12.09. DIA DA REVOLTA DOS SARGENTOS (1.963)

 alt

É muito bom que se frise

Que este fato evidencia uma crise.

E esta vai ter seu lugar

Na questão da hierarquia militar.

 

Os Sargentos, a bem da verdade,

Queriam direito à elegibilidade.

Esta era vedada pela interpretação

Da Carta maior da nação.

 

Cerca de seiscentos sargentos,

Promovem movimentos

Em forma de rebelião.

 

Apesar de muita resistência,

O movimento sem consistência

Leva os líderes à prisão.

 

 

 

20.09. INÍCIO DA REVOLUÇÃO FARROUPILHA(1.835)

 alt

Foi a mais longa guerra civil

que tivemos aqui no Brasil.

Foi uma revolta que na verdade

exigia uma maior liberdade.

 

O governo era então controlado

pelo Chimango, grupo Moderado

que lutava de toda forma

para evitar qualquer reforma.

 

Bento invade Porto Alegre e vence,

proclama a República Rio-grandense

e toma também Santa Catarina.

 

Dez anos a Revolução duraria,

Dom Pedro oferece a anistia

e assim a luta termina.

 

 

 

30.09. DIA DO JULGAMENTO DE NUREMBERG-1.946

 alt

Ao fim da Segunda Guerra,

a destruição habitava a terra.

Para tomar providências

reúnem-se as grandes potências.

 

Chega então o momento,

desse grande julgamento.

Apontam-se em várias listas

os sanguinários carrascos nazistas.

 

Hitler fizera uma jura,

de criar uma raça pura

escolhendo os pares seus.

 

Em nome dessa loucura,

começa então a procura

de quem exterminava os judeus.

 

 

 

30.09. LEVANTE NO MARANHÃO CONTRA O DOMÍNIO HOLANDÊS  (1.642)

 alt

Quando Portugal e Holanda,

resolvem por fim à demanda.

A necessidade se faz,

através de um tratado de paz.

 

Mas o holandês volta à ação,

invade também o Maranhão.

Surpreendido por essa gente,

ele caiu bem facilmente.

 

Grande resistência se fará,

com reforços do Pará,

criando uma defesa forte.

 

Os holandeses, em consequência,

diante de tamanha resistência

fogem para o Rio Grande do Norte.