MENGÃO CONQUISTA O SEU 34º TÍTULO, INVICTO, EM 2.017

 

 

 

 

 

 

 

Torcida do Fla vibra com a conquista do título carioca em 2.017.

O Flamengo que já havia vencido o 1º jogo da decisão do carioca no último domingo, voltou a vencer o Fluminense neste domingo sagrando-se campeão carioca em 2.017. Este é o seu 34º título no futebol do Rio de Janeiro e o 1º na carreira do jovem técnico Zé Ricardo.

O jogo foi muito emocionante logo aos 3’ o Fluminense já saía na frente do marcador através do centro-atacante Henrique Dourado completando de cabeça um cruzamento sobre a área rubro-negra.  Após o gol, no entanto, o Flamengo tomou o controle das ações e passou a pressionar o Fluminense. Apesar de ter a posse de bola superior, os rubro-negros não conseguiram transformá-la em gol e viram o Fluminense abusar das jogadas de lateral e escanteio para levar perigo ao gol de Alex Muralha. Rafael Vaz e Renê salvaram. No primeiro tempo o Fluminense somou 6 finalizações contra 8 do Flamengo. Equilíbrio nos números apesar do tricolor ter passado cerca de 27 minutos sem chegar à meta de Muralha.

O Flamengo voltou mais resoluto, mas só empatou aos 38’ quando Cavalieri rebateu uma bola cabeceada por Rever e Guerrero bateu forte empatando a partida. Já na prorrogação Cavalieri sai do gol para evitar o segundo do Flamengo, derruba Rodinei e vai expulso. Como o Fluminense já tinha queimado as 3 substituições o meio campista Orejuela vai para o gol. No último minuto da prorrogação o Flamengo armou o contra-ataque e Rodinei entrou em velocidade e tocou cruzado vencendo o improvisado goleiro Orejuela dando a gloriosa virada em cima do Tricolor. Era a explosão da torcida do Flamengo com a conquista do título máximo no campeonato carioca garantindo a taça que leva o nome do grande capitão de 70 Carlos Alberto Torres.

Guerrero com 10 gols foi o artilheiro do campeonato.

Escalação do Fla:Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Renê;Márcio Araújo Willian Arão, Trauco (Juan); Everton(Rodinei), Berrío (Gabriel) e Guerrero.

Escalação do Flu:Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel e Sornoza; Wellington Silva(Maranhão) Richarlison (Marcos) e Henrique Dourado.

 

 

 

 

 

 

Guerrero, artilheiro carioca marcou no jogo do título.