VIDA BREVE

vida-breve

Nesta vida, o tempo vem o tempo vai,

E neste vai e vem, perdi o meu pai.

O tempo até parece que voou,

Somente a sua saudade aqui restou.

 

Nesta vida, precede à noite um novo amanhã,

E precocemente se foi a minha irmã.

O tempo nos prometia a eternidade

E ela nem chegou à terceira idade.

 

A minha mãe já não era tão forte,

O tempo prenunciou a sua morte,

Indiferente aos sentimentos meus.

 

Sem ter meus amores de menino,

Aguardo aqui o meu destino,

Do nosso encontro com Deus.